Classificado de Barra Mansa
Bookmark and Share
Barra Mansa
Barra Mansa
Empresas de Barra Mansa
Fotos de Barra Mansa
Não Encontrou o que Procurava? Faça sua Busca Abaixo:

Confira abaixo fotos dos principais pontos turísticos e históricos da cidade de Barra Mansa
Palácio Barão de Guapi - Barra Mansa
Clique nas Fotos para Ampliar

Palácio Barão de Guapi

Na rua Custódio Ferreira Leite, Centro, antiga sede da Câmara Municipal de Barra Mansa.Palácio Barão de Guapi

O decreto que em 3 de outubro de 1832 criou a vila de São Sebastião, institui, em seu artigo terceiro, a Câmara Municipal.

Acumulando nessa época a função de Legislativo e Executivo do município, seus trabalhos foram responsáveis diretos pelo crescimento de Barra Mansa. Seu presidente era sempre o vereador mais votado e a ele cabia executar as deliberações aprovadas pela Câmara Municipal. Um ano após a criação da vila, tomaram posse, para exercer mandato de 1833 a 1837, sete vereadores: Domiciano de Oliveira Arruda, José de Sousa Breves, Padre José Britualdo de Melo, José Bento Ferreira da Silva Guimarães, Joaquim Gomes de Sousa, Manuel de Sousa Azevedo e João Pereira da Cruz.

Até 1836, a Câmara Municipal não possuía prédio próprio, funcionando em uma casa cedida pelo capitão João Pereira da Cruz. Neste mesmo ano, através de recursos obtidos junto à população, foi adquirida uma casa antiga para que nela fossem instaladas a Câmara Municipal e a cadeia.

Remodelado, o prédio só ficou concluído em 1861, tendo como presidente o comendador Joaquim José de Oliveira, o Barão de Guapi. Por ordem do engenheiro da província, Manuel de Frias e Vasconcelos, a casa que abrigava a Câmara recebeu reformas e um grande jardim público foi feito em sua frente. As mudanças feitas em 1870, deram à Câmara de Barra Mansa o título de a melhor de toda a província.Palácio Barão de Guapi

Em 1912, os membros da 23ª Câmara Municipal enviaram ofício ao governo do estado e à assembléia legislativa, pedindo a nomeação de um prefeito para o município de Barra Mansa, abrindo mão de sua responsabilidade administrativa, desde que, em troca, o estado fizesse várias obras no município, entre eles a de saneamento, água e esgoto. Atendendo o pedido, o governo do estado, em 14 de abril de 1914 deu posse ao engenheiro João Luis Ferreira.

O atual presidente é o vereador Ademir Melo. A câmara municipal está em sua 45ª legislatura e seus atuais vereadores são onze além do presidente: Claúdio Cruz, Edilson Gonçalves Custódio, Francis Bullos, Jorge Cost, José Marques, José Mauricio de Almeida e Luis Baptista de Barros, Roberval Pessanha dos Santos, Rodrigo Drable, Ruth Cristina Coutinho Henriques de Lima Rebello, Sônia Maria de Camargo Coutinho

Arquitetura e localizaçãoJardim das Preguiças - Barra Mansa

Imponente edifício de linguagem neoclássica, provavelmente de 1862. É valorizado pelo requinte no tratamento das fachadas, com a presença ritmada de vãos em arco pleno,individualizados em panos verticais pela seqüência de pilastras com delicados capitéis. A cobertura é arrematada em toda a extensão por balaustrada contínua e frontão centralcom os símbolos da República. Sua implantação se harmoniza com a bela praça fronteira, projetada pelo paisagista francês Auguste Glaziou, denominada Parque Centenário, popularmente conhecida como o "Jardim das Preguiças".

Jardim das Preguiças

Jardim das Preguiças - Barra MansaQuem costuma caminhar pelo Parque Centenário, mais conhecido como Jardim das Preguiças, no Centro de Barra Mansa, às vezes se depara com alguns dos pequenos animais que "moram" por ali. Entre eles, o menos arisco é a Cotia, que costuma comer pipoca junto com as crianças. Uma vez ou outra, é possível visualizar um bicho-preguiça se alimentando nas copas das árvores.

 

 

Jardim das Preguiças
Jardim das Preguiças

Siderúrgica Barra Mansa

A Siderúrgica Barra Mansa, na cidade do mesmo nome, no RJ, localiza-se no Bairro Saudade, no Distrito Sede.

Fundada em 1937 e tendo iniciado como uma pequena fábrica com capacidade de produção de 3.600 toneladas anuais de ferro-gusa, a Siderúrgica Barra Mansa encontra-se hoje entre os três maiores produtores de aços longos do País.

Do seu início tímido, a SBM desenvolveu-se rapidamente, atingindo a capacidade de produção, de 250 mil toneladas em 1970.

Durante seu crescimento, a SBM antecipou-se muitas vezes ao mercado de forma inovadora e pioneira, sendo a primeira siderúrgica na América Latina a adotar o sistema de sopro de oxigênio e lingotamento contínuo em sua aciaria. Siderúrgica Barra Mansa

Atualmente com produção de cerca de 400 mil toneladas ano, 70% da matéria-prima da SBM vêm da sucata gerada pela sociedade, a qual recebe de volta novos produtos voltados principalmente para a construção civil.

A distribuição dos produtos da SBM, além de terceiros, é feita em rede própria de filiais de venda estrategicamente posicionadas nas Regiões Sudeste e Sul. Mais um diferencial que contribui para a competitividade da SBM.

Com a certificação ISO 9002 desde janeiro de 1997, os produtos da Siderúrgica Barra Mansa são também qualificados pelo Instituto Brasileiro de Qualidade Nuclear (IBQN) e pelo Instituto Argentino de Normalização (IRAM).

Para manter este padrão, a empresa vem investindo tanto em melhorias tecnológicas para modernização e crescimento, quanto na formação de uma equipe capaz de desenvolver mais do que apenas bons produtos.

A SBM entende que um dos seus maiores patrimônios está no desenvolvimento de talentos para a geração de valor na ótica dos clientes de modo a criar relações duradouras com o mercado.

Com essa filosofia, a SBM conquistou o Prêmio ANAMACO de destaque do anos de 2000 e 2001 no setor de vergalhões. Esse prêmio reconhece a atuação das empresas do setor em itens como qualidade, assistência técnica e ética na comercialização.

Estação Ferroviária de Barra Mansa

Seu centro administrativo e legislativo é o bairro Centro já que nele estão localizados a prefeitura e a câmara municipal e seu centro judiciário é o bairro Barbará pois nele está situado o fórum municipal.Estação Ferroviária de Barra Mansa

Em 1954 Volta Redonda emancipou-se e em 1991 foi a vez de Quatis, levando consigo os distritos de Ribeirão de São Joaquim e Falcão. Em 1993 Antônio Rocha foi elevado a condição de distrito assim como o bairro Santa Rita de Cássia, no ano de 2006.

A população de Barra Mansa, é composta por descendentes de imigrantes europeus (principalmente portugueses, italianos, e espanhóis), mas também de franceses e alemães, além de uma dinâmica colônia sírio-libanesa, assim como também de ameríndios e de escravos africanos.

Com toda essa riqueza racial, o município continua sendo uma das maiores cidades do Sul Fluminense, ficando, em termos de produção econômica, atrás apenas de Volta Redonda e de Resende, como mostra a análise do PIB destas cidades [1]. O município tem a segunda maior população da região, possuindo mais de 528 unidades industriais, um grande entroncamento ferroviário, rodoviário e fluvial, e uma posição privilegiada, estando próximo às duas maiores metrópoles brasileiras: o Rio de Janeiro e São Paulo. O município é próximo também a importantes centros ecônomicos regionais como São José dos Campos, Juiz de Fora e Volta Redonda, e faz divisa com outras cidades importantes, como a própria Volta Redonda e Resende.

O mEstação Ferroviária de Barra Mansaunicípio tem um comércio forte e tradicional, principalmente no Centro, Estamparia e Ano Bom. Seus bairros nobres são o Centro, Santa Rosa, Verbo Divino, Ano Bom, Bairro de Fátima e Jardim Boa Vista. Os bairros mais pobres são os da Periferia Leste do Distrito Sede (Barra Mansa).

Seus monumentos principais são a Fazenda da Posse, a sede da prefeitura, o Palácio Barão de Guapi o Jardim das Preguiças e a Ponte dos Arcos. Os quatros principais rios que cortam o município de Barra Mansa são o Paraíba do Sul, o Barra Mansa o Bananal e o Bocaina.

Ponte dos Arcos

Seu nome oficial é Ponte Ataulpho Pinto dos Reis, mas pouca gente sabe, porque ela é conhecida por todos os barramansenses como a Ponte dos Arcos.

Liga o Centro ao bairro Ano Bom e recentemente recebeu nova iluminação, por mPonte dos Arcos - Barra Mansaeio de um convênio entre a Prefeitura e Furnas Centrais Elétricas. Os arcos receberam néon na cor azul e os pilares receberam refletores que, além de iluminar a passagem dos pedestres, ao se misturar com o néon, dão a idéia de uma atmosfera de brumas.

Mas, não só os arcos e pilares receberam iluminação; a base da ponte também ganhou lâmpadas, dando a impressão de que a estrutura está flutuando.

A Ponte dos Arcos é um dos marcos da cidade de Barra Mansa.

Igreja Matriz de São Sebastião

Igreja Matriz de São SebastiãoA Igreja está localizada no centro comercial de Barra Mansa, ocupando mais da metade da Praça Ponce de Leon. Foi construída na fase áurea da região, logo depois da instalação do município em 1865, quando este experimentou grande progresso devido à cultura de café. A edificação foi nitidamente influenciada nos moldes neo-clássicos traçados pelo arquiteto da Missão Francesa de 1816, Gran Jean de Montigny. Nas laterais do edifício, duas torres com campanário, cúpula e ornatos nas extremidades. A Igreja foi prejudicada em sua arquitetura pelas modificações na fachada, pelos sobre-pisos, escadas e retábulo substituído por painel em azulejos vitrificados.

Fotos tiradas por: Sergio Luiz Macedo Fortuna

Não Encontrou o que Procurava? Faça sua Busca Abaixo:
Barra Mansa
Informações Úteis
Diversão na Internet
Canais do Busca Sul Fluminense
Busca Sul Fluminense 2002-2009 / Site Desenvolvido por RF Publicidade